Instagram

Pesquisar este blog

quarta-feira, 6 de abril de 2016

Resenha: Quarto de Guerra

Você talvez ainda não tenha se quer ouvido falar desse filme ou, como eu, talvez tenha sido tudo que você ouvir sobre nos últimos dias. Já assisti mais de dez vezes e hoje trouxe uma resenha e dica pra vocês.
"Elizabeth (Priscilla Evans Shirer) e Tony (T.C. Stallings) formam um casal em crise de relacionamento. A filha pequena percebe que ambos estão à beira do divórcio, mas eles não conseguem chegar a um acordo. Um dia, Elizabeth conhece uma mulher idosa que lhe apresenta o poder da oração e, a partir deste momento, a jovem mãe decide depositar a sua fé nas preces divinas."

 

Pontos fracos:
Dublagem_ Eu sou #TeamLegenda assumida, mas a maioria das vezes que assisti foi dublado porque eu não sabia que na minha versão tinha legendado. Eu já havia até reclamado sobre como a dublagem era ruim porque não passava a carga dramática, era apenas palavras largadas sem emoção o que deixava o filme bem sem graça e como uma sensação de "filme ruim". Por isso eu sugiro que assistam legendado. Sem frescura. Mesmo.

O que eu aprendi:
A Sra Clara nos ensina a separar um espaço, anotar nossos pedidos e também a estudar a palavra. Estudar e não apenas conviver com ela.

Planejar e lembrar_ as vezes você esquece de orar por alguém que disse que oraria ou por uma causa, mas acaba esquecendo. (Claro que já aconteceu comigo!!) Mas, o método dela é anotar e expor pra quando você orar ficar atento. Além de ser bem objetivo.

Estudar a palavra_ é uma necessidade de todos. Pretendo ainda falar um pouco mais sobre, mas a Sra Clara nos instiga a ler a bíblia, anotar nossas passagens favoritas, o que você entendeu e depois refletir sobre como aplicá-las.

Separei ainda os melhores momentos, mas acabei não achando os vídeos e também não quis dar spoiler. Enfim, bom filme!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário!